ptenfrdees

COFRIMAGRELOS - Sociedade de Construções, Lda.

cofrimagrelos equipaHonestidade e empenho fazem da Cofrimagrelos uma referência no mercado.
A empresa constrói estruturas em betão armado para os mais diversos projetos e o seu extenso portefólio contempla hospitais, universidades, parques de estacionamento e até túneis.
A equipa de trabalho é composta por quase cem homens, que trabalham um pouco por todo o país e também em França.

Justino Ferreira já trabalha na área da construção civil há mais de 20 anos. A experiência que adquiriu como encarregado de obras e a vontade de se estabelecer por conta própria resultaram na criação da empresa Justino Soares Ferreira, em 1999. Um ano depois o empresário altera o nome do negócio para Cofrimagrelos, designação que, tal como a atividade desenvolvida, se mantém até aos dias de hoje.

A empresa de Marco de Canaveses é especializada na construção de estruturas em betão armado. "Fazemos o esqueleto da obra". O portefólio da Cofrimagrelos é extenso: moradias, universidades, escolas, pavilhões, parques de estacionamento, túneis e até hospitais. A empresa trabalha em todo o território nacional e está presente em França, mais precisamente na zona de Bordéus, desde 2012. Também já desenvolveu projetos em Angola, mercado que se encontra em aberto e, a par do Brasil, integra mesmo os projetos futuros. Atualmente tem 6 obras a decorrer em Portugal, entre as quais, uma intervenção no Hospital Santos Silva de Vila Nova de Gaia e um projeto na Universidade Católica do Porto, na zona da Foz. Em França soma três obras.

UMA AQUIPA RESPONSÁVEL

Justino Ferreira começou com oito homens a seu lado, mas o crescimento da empresa e o aumento do número de obras exigiram novas contratações. Neste momento a Cofrimagrelos tem uma equipa que chega quase aos cem homens. Só em França estão cerca de 50 e as expectativas apontam para uma média de 60 colaboradores já a curto prazo. O conforto dos trabalhadores é uma prioridade pois não podemos exigir das pessoas se não lhes dermos todas as condições necessárias para trabalhar. Por isso, tanto em Portugal, como em França, alugamos casas com cozinhas equipadas, para que os colaboradores possam fazer refeições e estar o mais à vontade possível. A par da estadia, o transporte é também assegurado pela empresa.